Pages

3 de abr de 2011

Geocaching, um novo esporte

Olá meu povo!

Eis-me aqui, após longa temporada! Muitas coisas para contar: mudanças no apê, psicóloga, viagem a Angra dos Reis... mas hoje estou com vontade de começar de trás pra frente.

Dia desses estava assistindo ao jornal local na TV quando uma reportagem "light" me chamou a atenção. Era sobre, segundo a própria repórter, um novo esporte, um tal de "geocaching". Quediabéisso??? Pensei. Mais que depressa fui perguntar mais detalhes ao Dr. Google, claro. E fiquei doidinha pra experimentar.

Clique na imagem para ir ao site brasileiro do Geocaching.
Geocaching é, resumindo, uma espécie de caça ao tesouro, só que mundial. Você usa a internet para pegar as coordenadas e, de posse de um aparelho GPS (ou um telefone que tenha esse recurso, como é o meu caso), sai em busca do "tesouro" (cache). Ao encontrar, você pode retirar algum objeto para si e deixar outro em troca, além de assinar a cadernetinha, marcando sua presença. É muito legal, gente!

 A primeira aventura foi totalmente urbana. Foi um cache que se chamava "A caminho do trabalho", e realmente fica a caminho do trabalho do meu marido. Resolvemos dar uma passadinha por lá no Dia da Mentira pra ver de qual era. O mais difícil foi disfarçar e não dar uma de doidos para os transeuntes e curiosos, que não são poucos no local. Eis a proeza:

Nosso primeiro tesouro. Pegamos uma moeda americana e deixamos uma moeda brasileira antiga e figurinhas do "amar é".
Hoje fui atrás de mais dois caches com uma amiga. Infelizmente, após caminharmos cerca de 500m, nossa falta de preparo físico não nos permitiu alcançá-lo. Estava no alto de uma árvore, a mais ou menos 3m do chão, vejam:

Bem camuflado, não? Conseguiram ver? Esse é grandinho!

Depois desse ainda fomos atrás de outro, mas ele não estava no local. Provavelmente foi encontrado por alguém por acaso, que não estava na brincadeira e não tem senso de humor, nem esportivo, muito menos respeito. Uma pena.

Apesar de não termos pegado nada, o final de semana foi divertidíssimo. E para quem ainda tem dúvidas se geocaching é mesmo um esporte, fica a dica: vai fundo, porque tem que caminhar bastante, se embrenhar no mato, escalar árvores, morros, meter o pé na água... Radical! rsrs

Inté!

2 comentários:

  1. Legalzinha essa proposta, rsrs. Deve ser divertido seguir as coordenadas e encontrar algo inusitado, bacana ou até decepcionante, rsrsrs.
    Tô voltando por lá depois de umas arrumações.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. É legal, eu gostei. A gente foi na frente de uma embaixada naquele dia, né? Você continua fazendo, Vivi?

    ResponderExcluir

Free Blog Template by June Lily
Real Time Analytics