Pages

3 de out de 2011

Ciúmes

Sexta-feira típica, sempre saímos para jantar no mesmo restaurante do shopping da cidade: eu, marido, sogro e sogra. Sempre desconfiei do ciúme possessivo dela, mas agora tive a certeza. Assim, em meio a lamentações porque seu filho passava dias sem telefonar (enquanto que sua outra filha lhe telefona diariamente), ela soltou esta, no meio do jantar:

Meu filho, será que estou errada, será que estou 
sendo egoísta em te querer só pra mim?

Silêncio sepulcral por alguns segundos à mesa. E a conversa continua por outros assuntos, como se nada de "anormal" houvesse sido dito. Ok, anormal mesmo não é, mas um tanto quanto exagerado... isso todos têm de admitir. Ou será que a ciumenta aqui sou eu?

5 comentários:

  1. Bem Vivi, foi uma ótima oportunidade prá todo mundo (menos você), dizer a ela que estava errada sim, que os filhos crescem pro mundo e não prá ficar na barra da saia da mamãe a vida inteira.
    Mas, obviamente não poderia ter sido vc a falar, não é? rsrsrs. Quem sabe o sogrão não tenha dito a ela depois, quando estivessem sozinhos.
    Mas é o que dizia uma amiga minha: A Natureza é sábia, porque só deu uma mãe prá cada um, mas o problema é que duuuuura!rsrsrsrs.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Primeiro, deixa eu responder sobre o protetor solar:
    Hum. No meu ponto de vista ele não é pegajoso. Mas não dá pra dizer que ele é fresco! Dá pra sentir que tem alguma coisa na boca sim....

    Eu diria que é parecido com gloss de boa procedência (porque tem uns glosses que deus-me-perdoe!)

    Agora, na minha boca tudo e qualquer coisa acumula. Até hoje não achei um único produto que não acumule. Até brilho acumula

    (acumular é formar aquela linhazinha bem onde os lábios se tocam quando a boca fecha?)

    Então, nesse o acúmulo é branco. E portanto, nada discreto. Mas comigo isso nunca é discreto.

    ResponderExcluir
  3. Sobre a sogra.

    Eu costumo colocar sogra, sogro, mãe e pai em uma categoria inatingível.

    O que eles falam é sagrado e não deve ser confrontado.

    Agora, isso não quer dizer que seja verdade. Quando você fecha a porta atrás das costas deles você faz o que quiser! Mas se alguém perguntar alguma coisa, você responde a resposta que vai gerar menos controvérsia.

    É uma questão de hierarquia. Não adianta brigar, discutir. Eles sempre terão mais razão que você.

    Então, o melhro é baixar a cabeça e fazer o que quer que seja que você quer e não dar nem bola.

    ehehehehe

    Então, deixe essa sua sogra aí e fique muito diva quando encontrar com ela!
    hehehe

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Minha sogra é bem bacana. Mas às vezes é ciumentinha também. Acho que esse tipo de comentário deve ser rebatido, com jeitinho pelo seu marido. Se você fizesse isso, ficaria como a "ogra" da situação.

    Com pais e mães, sogros e sogras é sempre aquela coisa de se ter tolerância extra, mas não significa que devemos deixar fazer o que querem, tem que ter um limitezinho sim. No mais, acho que quando ela falar isso, seu marido é que deve falar, na boa, num tom bacana para não ferir.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. A situação é comlicada mesmo, eu ficaria calada e concordo que são as outras pessoas que devem falara e não a nora.

    ResponderExcluir

Free Blog Template by June Lily
Real Time Analytics