Pages

8 de ago de 2013

Gordinha comportada


Gente, não sei o que aconteceu, mas parece que me deu um "click". A motivação para emagrecer e cuidar bem de mim mesma voltou, graças a Deus! Não, não foi da noite pro dia. Ela veio chegando devagarinho... e espero que não vá embora nunca mais!

Há algumas semanas combinei com uma amiga do trabalho de iniciarmos nossa "desintoxicação de guloseimas". Porém, pra evitar a crise de abstinência que todo viciado tem, decidimos fazer aos poucos. Assim, acertamos de comer doces dia sim, dia não.

Olha, não tem sido fácil pra mim! Agora estou tendo real noção do quanto sou viciada em doces! Já dei várias derrapadas de lá para cá, mas sinto que nos últimos dias está ficando cada vez mais fácil ficar sem guloseimas.

Uma das estratégias que tenho utilizado é tentar não ficar pensando em comida, principalmente doces. Quando vou a um restaurante e vejo aquelas propagandas das sobremesas, eu nem termino de ler, já desvio o olhar, puxo papo com minhas companhias.

Também tenho tentado me distrair com outras coisas, além de adiar o doce para o mais tarde que puder. Tipo assim: almocei na casa da minha mãe e deu uma vontade danada de comer o pavê que está na geladeira. Antes, eu ia direto pro pavê. Agora, eu almoço, e penso: "vou comer esse pavê daqui a pouco... esperar a digestão primeiro"... Daí começo a lavar a louça, converso com minha irmã, brinco com os sobrinhos e... quando vejo, a vontade já passou, até esqueci de comer o pavê!

Outra estratégia que adotei é parar de fazer "estoque" de guloseimas. Simplesmente deixei os biscoitos, doces, chocolates, etc. acabarem, e não comprei mais. Daí, quando dá vontade de comer algo não tão saudável, eu tenho que sair pra comprar. Mesmo que seja uns biscoitinhos à toa (que amo!). E nem sempre tenho disposição ou meios para isso. Assim, sou obrigada a me virar com o que tenho estocado em casa atualmente: frutas, barras de cereais, biscoito de arroz, e, no desespero, leite com toddy light!

Finalmente, a última estratégia é a seguinte: tem dia que o bicho pega, não é verdade? Nesses dias, eu tento enganar meu cérebro, comendo pêssegos em calda. Como é beeeem docinho, tô conseguindo trapacear meu cérebro, pelo menos por enquanto. Sei que não é uma opção assim, digamos, ideal, mas... melhor que cair de boca no chocolate, né? Nas próximas compras, vou comprar o pêssego diet, e ver se funciona da mesma forma.

Sei que meus avanços são pequenos, mas eu quero assim mesmo: passo de formiguinha - opa! Melhor trocar de bicho - passo de tartaruga, hehe. Devagar e sempre!

Inté!

1 comentários:

Free Blog Template by June Lily
Real Time Analytics