Pages

23 de jan de 2011

Magia americana

Ois! Sexta acabou ficando muito corrido e não deu pra postar. Mas como já havia escrito, aqui vai a postagem atrasada:

Gente, é impressionante o poder que uma viagem à Disney pode exercer sobre uma pessoa, ainda mais se for uma gordinha precisando urgentemente perder uns bons quilos e louca pra se desesperar nos outlets em Orlando (desesperar no bom sentido da palavra, se é que me entendem...). Pois então, eu e meu amor e mais uma galera (umas 30 e tantas pessoas, no total) estamos planejando tocar as plantas de nossos pés em solo estadunidense e se esbaldar na magia americana – sim, porque a magia transcende a Disney. Afinal, a diversão não pára* nos parques, continua nos shoppings e outlets, com produtos baratééérrimos. (*isso mesmo, “pára” com acento, me recuso a aderir à reforma ortográfica nesta pequena e específica palavra... hum.)

Ontem estava me comportando relativamente bem. Café-da-manhã comportado, almoço ok... Passei intacta à tentação da Cacau Show! Sim, entrei na loja com uma amiga, babei em todos os doces e bombons possíveis, e consegui sair de lá sem levar uma única trufa. Yes! Porém, no derradeiro instante, já a caminho da saída... Eis que brilha em minha frente o quiosque de... Pretzel. Eu, que já estava morta de vontade por um doce, não resisti. Corri pro abraço, e abocanhei logo um pretzel com quilos de nutella.

Depois passei o restante do dia pensando na seguinte equação:

Pretzel + gordinha = 2 X balofa
 E então:
balofa + viagem a Orlando = - roupas bonitas + frustração + oportunidade perdida

E hoje acordei envolvida pela magia... como uma lady, pela primeira vez na semana, até agora não extrapolei na dieta, segundo o NutraBem, meu controlador de calorias de plantão (depois apresento ele direito pra vocês, é um programinha que uso no celular, que faz as vezes de um diário alimentar). E apesar de ter comido uma nhá benta, ainda to bem na fita! Claro, não completamente dentro do plano alimentar que minha nutri passou, mas bem mais perto do considerado ideal (pelo menos em termos de calorias). Próximo passo: incluir mais frutas e verduras, e iniciar academia já!

Preciso chegar nos States magrinha – tá, tá bom, pode ser só magra – pra poder comprar o que quiser. Sabe-se lá quando que vou poder voltar! E além disso, depois dessa viagem, farei “intensivão” pra engravidar, então...
Inté!

2 comentários:

  1. Ah, nâo, nao não! Libera aí a informação de que programa é esse que eu também querooooooooooo

    É java?

    vou lá tacar nogoogle

    ResponderExcluir

Free Blog Template by June Lily
Real Time Analytics